RH como protagonista nos desafios das organizações 

Pegue um papel e dobre em 10 partes. Agora pare e pense em 10 versões suas que poderiam ser nomeadas em cada um dos espaços. Profissão? Filha, filho, mãe, pai? Nadadora, atleta de final de semana? Cozinheira do dia a dia, chef nos dias especiais? Metódica, bagunceiro? São tantas as possibilidades, ao mesmo tempo que são tão poucas as características que costumamos apresentar sobre nós mesmos quando paramos para olhar para elas. A busca por autoconhecimento não é uma novidade, mas tem sido cada vez mais trabalhada pelas pessoas nos últimos anos. Não só pelos sintomas de ansiedade que geram doenças contemporâneas, mas também como resultado de uma sociedade moderna que passa a valorizar o amor próprio como caminho para a sensação de bem estar possível.  

Na última semana, iniciamos uma parceria com um novo cliente que acabou em satisfação plena já no primeiro encontro: a CargoX. O programa nasceu do questionamento: Como o RH consegue ajudar a fazer a diferença a partir de um modelo de Business Partner? Com um grupo só de mulheres, realizamos o exercício citado no início do texto, entre outras provocações direcionadas para o autoconhecimento, e entre sentimentos borbulhantes, conseguimos nos conectar com o grupo, entre nós e entre elas.  “Cheguei a um ponto de conexão comigo mesma que não imagine, assim como com as outras participantes, identificando pontos vulneráveis e complementares entre nós”, disse uma delas. 

O Programa de Formação criado pela Flow Brasil será realizado nos próximos meses, começando com cinco encontros sobre negócios e autoconhecimento e partindo para conceitos mais aprofundados. Em formato online, partimos de uma reflexão sobre como nos vemos, como os outros nos veem e como gostaríamos de ser vistos. Tivemos muitas trocas e em comum, todas trouxeram a questão da mulher sempre vista como “poderosa chefinha”, “mulher maravilha”, aquela que sempre consegue acumular funções e resolver tudo. Acontece que é uma imagem romantizada e que não reflete a realidade de esforços que foram carregados anos e anos pela busca por equidade de gênero em todos os setores da vida. 

A partir daí, a proposta foi para que refletissem sobre o histórico pessoal de cada uma, quem eram dos 20 aos 25 anos, por que faziam o que faziam e o que não fazem mais? O objetivo final deste primeiro encontro era relacionar indivíduo e carreira, tentando mapear o que empolga cada uma e que deve ser incorporado no dia a dia não só como função profissional, mas como significado em si mesmas. 

A CargoX é um marketplace com soluções de tecnologia e capital de giro desenvolvidas para transportadoras e pequenos empreendedores frotistas. Com 45 mil caminhoneiros autônomos e 20 mil transportadoras cadastradas em sua plataforma, a empresa oferece um aplicativo que permite conectar transportadoras com clientes que precisam realizar entregas. A ideia é impedir que caminhões rodem sem carga pelas estradas, diminuindo custos. Entre os clientes estão Ambev, Unilever e Votorantim. O programa desenhado pela Flow tem como objetivo principal desenvolver habilidades para que o time de RH esteja cada vez mais perto do negócio, contribuindo para os desafios estratégicos da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quinzenalmente produzimos nossa Newsletter com conteúdo exclusivo sobre liderança, cultura, juventude e temas relacionados ao desenvolvimento humano. Assine e receba gratuitamente!

Inscreva-se agora e receba nossas últimas newsletters!

A Flow Brasil é uma consultoria que prepara pessoas, equipes e organizações para o crescimento, relacionando habilidades e desafios, em projetos de cultura, liderança e juventude.

  • Rua Macunis, 68 - Vila Madalena, São Paulo, Brasil

  • marcio.cassin@flgbrasil.com

  • Telefone: +55 (11) 96647-8080

Flow Group © 2020 Todos os direitos reservados | by Next4